segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

BRINCANDO COM PALAVRAS

Hoje tava pensando que estava sem muita inspiração,
Estava equivocado,
O que tinha era coisa demais passando em minha cabeça,
Palavras que dançavam sem ordem,
sem cadencia,
livres,
Como queriam.

Tentei domesticá-las,
Em vão.

Elas não são como as palavras da academia,
Bem treinadas, educadas, podadas
Essas tem vida própria, são logus,
Filhas da poesia,
Amigas da filosofia,
Alegres,
Crianças traquinas brincando em minha mente,
Não consegui segura-las,

Daí então,

Decidi brincar com elas.

Nenhum comentário: