segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

O DIA EM QUE PERDI O JUIZO

Outro dia me peguei olhando pra trás
E achei que não tinha muito juízo.
Mas hoje pensei,
Na verdade,
É que acabei recolhendo pelo caminho
Juízo mais do que o necessário,
E só agora percebo que não dá pra andar com todo esse peso.

Vou soltar algum pelo caminho,
perdido
Só assim da pra andar sem medo pela praia a noite,
Deixar a mente pensar o que quiser e como quiser,
Besteiras a vontade,
Ser mais leve, feliz!

Nenhum comentário: