segunda-feira, 30 de agosto de 2010

"Um sonho bom..."

Ela virou e jogou as pernas em cima de mim,
Acordei, olhei as horas, três e pouca da manha,
Me deu um beijo no pescoço, me abraçou bem forte
E ainda com os olhos fechados, me disse...
TE AMO!
E me abraçou forte mais uma vez,
E relaxou como num sonho bom...


CLARENCE SANTOS

Horas depois perguntei,
- Tu lembra amor?
- Eu fiz, amor? Lembro não
E nos acabamos no riso e na lembrança desse “sonho bom”.

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Quando perdi e achei minha inspiração

Demorei procurando uma caneta Bic, um bom bloco de notas,
Abrindo uma boa garrafa de vinho e preparando o meu cachimbo,
Mas sinceramente, não lembro onde coloquei minha inspiração.
Deitei na rede da varanda, taça na mão, cachimbo na boca,
E a esperança de achá-la,
E enquanto a fumaça se dissipava no ar é que a vi,
Minha inspiração,
Ali, guardada no coração do poeta que a muito não me visitava,
Disse que estava ocupado,
Vivendo a poesia...

Clarence Santos