segunda-feira, 30 de maio de 2011

"AS ARTES E A PLASTICA"


(O dia que achei que era artista plastico)


E eu tentei ser artista plástico,
Comecei pensar nisto depois da reportagem de um sendo preso,
Nada demais, tinha fugido com o filho pra longe da mãe.
Peguei um pincel, tinta e tela,
E sem muita coisa na cabeça comecei a escorrer o pincel sobre a tela,
Sobe, desce, lado, outro
Tintas, cores, formas, curvas...
Recortes de uma mente confusa se pensando completa,
Finalizando-se numa tela sem espaço a ser pintado,
Muitas cores,
Muitas formas,
Mas não muito a dizer,
A não ser pela gota de tinta que caiu aleatoriamente no fim da tela
Tinha forma de lagrima...


Clarence Santos

Um comentário:

Ellis disse...

o blog ta lindo demais, parabéns!
e claro, vc escreve muito bem Pastor.
esse blog tem tudo pra bombar cada vez mais, xero!