domingo, 5 de agosto de 2012

“A brincadeira das palavras...”


Sempre fui meio pai das palavras que brincam em minha mente
São crianças sapecas  que vão e vem, e quando me dou conta, já estão fora
Brincando no quintal,
Fico apreensivo, pai cuidadoso, chamo-as para dentro
Brigo, mas não tenho resposta que não sejam os sorrisos que me soltam
Alegres me convidando a brincar com elas, e vou...

Clarence Santos

MENINA LUA...


Ela hoje estava toda estranha,
Envergonhada, toda sem jeito,
Escondida em meio as nuvens
O maximo que conseguia
Eram alguns sorrisos bobos, escondidos no canto da boca,
Combinados com timidos olhares que me lançava quando estava distraido...
Mas confesso que gostei disso tudo,
Era bonitinho,adimirava mais ainda ela...
Mas não era sempre assim,
Havia dias em que ela aparecia toda cheia,
Linda, Iluminando toda a noite,
Mas hoje Bastaram umas poucas palavras para ela já puxar uma nuvem,
E pintar aquele lindo quadro...
E foi neste momento  que me encantei por ela
Pelo  misterio guardado nessa linda timidez
Seduzido por essa timida menina rara,
...Pela menina Lua...

Clarence Santos