quinta-feira, 4 de abril de 2013

De quando a realidade vira sonho


Cansei de te dizer que não dava certo, mas você teimosa não me ouviu,
E se foi...
Eu te disse que não tava certo essa distancia,
Mas você me desdenhou,
E com a novidade de um sorriso blasé virou e se foi
Carregando não sei de onde uma esperança no peito de que tudo daria certo...
E eu fiquei só,
Só com as fotos de alguem diferente,
Diferente do alguem guardado na caixa do bolso,
Estranha ao que nos tornamos...
Na travessia inversa do que viviamos,
Onde a realidade de outrora
Se transforma e vira sonho...

Clarence Santos

Nenhum comentário: